19.10.08

Filme "Poder Além da Vida" (Peaceful Warrior)

MUITO MUITO MUITO BOM!

É O 2º MELHOR FILME QUE VI ESTE ANO!!!

Perdeu apenas para Waking Life...
mas ganhou de Na Natureza Selvagem e de Pequena Miss Sunshine!

No filme FALA VÁRIAS COISAS que tento dizer às pessoas e me fez pensar muito também!

Tornou-se um dos meus FAVORITOS, sem dúvida.


Sinopse:

Dan Millman (Scott Mechlowicz) é um talentoso ginasta que sonha em participar das Olimpíadas.Ele tem tudo o que um garoto pode querer: troféus, amigos, moto e namoradas.

Até que um grave acidente muda seu destino. Nesse processo, ele conhece o misterioso Sócrates (Nick Nolte). Com sua ajuda, Dan começa a descobrir que há muito o que aprender, e mais ainda a esquecer, antes de se tornar um "Guerreiro da Paz".

Achei sensacional o jeito que o cara filma, consegue dar importância aos detalhes... o ator principal arrebenta, é o mesmo que fez o Eurotrip (outro filme bom, comédia, rachei de rir com várias cenas!)

O filme é inspirado em ALGUNS fatos reais da vida do escritor e ginasta Dan Millman, contados no livro "O Caminho do Guerreiro Pacífico". Eu não gostei do livro não, depois vou procurar outros livros dele pra saber.

Trailer:


http://www.youtube.com/watch?v=QsS3cXGs2GQ

Algumas coisas do filme eu já to careca de saber... por causa do karatê, escalada, leituras..

Sempre me peguei pensando que:
  • A jornada é mais importante que o destino. O prazer está na "escalada"... está nas pequenas vitórias e superações, não no "topo".

  • Deve-se fazer o que se ama apenas por amor àquilo e não para atingir as expectativas de outros ou do próprio ego.

  • Ninguém é melhor, nem pior, do que ninguém.

  • Não podemos deixar a competitividade, a correria... nos transformar em robôs ou justificar atos errados.

  • Devemos ter vidas CONSCIENTES para aproveitar plenamente todos os momentos e tornar-nos realmente donos e responsáveis por nossas escolhas.

  • A verdadeira e duradoura felicidade é uma mudança no interior, não exterior.

  • Esportes não são importantes apenas para o corpo, mas para a cabeça também. Ajuda a atingir o objetivo de "mente sã, corpo são".

  • As verdadeiras batalhas (ou paredões de escalada rsrs) são aquelas que travamos contra nós mesmos, todos os dias... e quem tenta vencê-las são os verdadeiros guerreiros (ou escaladores! hahaha).

  • O medo, mas não aquele real, mas os imaginários... são a raiz de todo mal. Devemos superar nossos medos imaginários a qualquer custo.

  • Devemos desvincular nossa auto-confiança e auto-estima de coisas ligadas ao ego (ascensão profissional, habilidade em certas áreas...) e vinculá-las ao simples fato de sermos todos humanos.

  • Utilizando todo nosso potencial intelectual e físico, com foco, concentração, resistência... podemos atingir objetivos tão grandes que nem sequer nos permitimos sonhar.

  • Há muito barulho, desordem.. em nossas mentes e corações. Precisamos retirar esses lixos que nos impedem de ver e desfrutar das coisas que realmente importam.
No entanto, me fez pensar em quanto LIXO eu ainda carrego comigo: frustrações, rancores, arrependimentos, preocupações, inseguranças...

Apesar deste ano eu estar me esforçando, talvez mais do que nunca, em ser uma pessoa melhor... tenho pensado muito, simplifiquei várias áreas da minha vida, tentei amenizar alguns defeitos difíceis...

Mas todo esse "lixo" atrasa MUITO meu desenvolvimento e me impede de usufruir plenamente a vida... que nos presenteia com cada momento... único, mágico e irrecuperável.

Veja aqui os Melhores Trechos!

"- Vamos. Pergunte-me. Pergunte-me algo. Pergunte-me qualquer coisa.
- Você é feliz? Disse que eu podia perguntar qualquer coisa.
- O que a felicidade tem a ver com isso?
- Tudo.

- Meu pai tem muito dinheiro. A escola está fácil. Só tiro nota máxima. Tenho ótimos amigos. Estou em ótima forma... e só durmo sozinho quando eu quero.

- Então, por que não consegue dormir à noite?"

-----------

"Essa é a diferença entre nós. Você pratica ginástica e eu pratico TUDO"

-----------

"- Todos Ihe dizem o que fazer e o que é bom para você. Não querem que você encontre suas próprias respostas. Querem que você acredite nas respostas deles.
- Deixe-me adivinhar. Quer que eu acredite em suas respostas.
- Não, quero que pare de reunir informações em seu exterior... e comece a reunir informação
em seu interior.
- Você faz parte de algum culto ou algo assim?
- As pessoas temem o que há por dentro. E é o único lugar em que encontrarão o que precisam. Por que não consegue dormir? Talvez seja porque, tarde da noite, quando o barulho diminui... e você está deitado na cama, e não há ninguem, só você... talvez você se sinta um pouco assustado? Assustado porque de repente tudo parece tão... vazio"

-----------

"Diga-me que quer ser mais do que alguém que se ergue nas argolas... que executa uma manobra bem praticada, ou duas. Diga-me que quer ser alguém... que usa a mente e o corpo... como a maioria das pessoas nunca teria coragem de usar... e eu o treinarei, Dan... para ser um verdadeiro guerreiro"

-----------

"- Às vezes, não gosto muito de mim mesmo. Meu primeiro pensamento foi que talvez a queda de Kyle fosse boa pra mim.
- As pessoas não são o que pensam. Elas pensam que são e isso Ihes traz todo tipo de tristeza.
- Não sou o que penso?
- É claro que não. A mente é um órgão de reflexão. Reage a tudo. Enche sua cabeça com milhões de pensamentos aleatórios por dia. Nenhum desses pensamentos revela mais sobre você... do que uma sarda na ponta do nariz"

-----------

"- Por que me empurrou da ponte?
- Eu esvaziei sua mente.
- Você o quê?
- Eu a esvaziei.
- Não esvaziou, não. Você me jogou no rio.
- Enquanto caia, em que pensava, Dan?
- Não sei.
- Estava pensando na escola?
- Não
- Em fazer compras?
- Não
- Em onde estava indo?
- Não
- Estava 100% dedicado à experiência que estava tendo"

-----------

"- Não estava prestanto atenção. Mesmo agora não está atento. Sua mente está enchendo de novo. Está perdendo tudo o que está acontecendo.
- Não há nada acontecendo.
- Sempre há algo acontecendo. Retire o lixo da sua mente, Dan. Seu lixo é aquilo que Ihe afasta da única coisa que importa... esse momento. Aqui. Agora. E quando você estiver no aqui e agora... ficará maravilhado com o que pode fazer e como pode fazer bem"

-----------

"- Devia ter visto, eu acabei com o cara. Eu não estava preocupado com o que aconteceu... [...] Eu subi lá, limpei minha mente... e fui impecável [...]
- Quanto tempo ficou assim? Limpo e impecável? 'Eu acabei com o cara. Devia ter me visto' [...] Tripudiando [...] Não aprendeu nada. Vá para casa"

-----------

"- Que tipo de guerreiro treina enquanto se senta para esfregar privada?
- Quando se tornar um guerreiro, saberá refletir sobre cada ação.
- Esfregando privadas?
- Livrando-se das amarras. Como seu orgulho. Desistindo de seus vícios.
- Diga uma coisa em que sou viciado.
- Em falar. Especialmente interromper. Saber tudo, quando na verdade não sabe nada"

-----------

"- Isso não é emoção! É bom senso! Quer saber? Deixe-me Ihe dizer algo, seja lá qual for seu nome. Quando eu conseguir o que quero, eu serei feliz. De verdade e para sempre e tudo mais que eu disser. Porque eu farei acontecer"
- (Mestre Soc olha com desapontamento)

-----------

"Sempre há algo acontecendo. Não há momentos comuns"

-----------

"- Não fazemos mais isso, lembra? Somos melhores. Melhores que aqueles que não sabem o que sabemos...
- ou que vivem do modo que vivem? É o que quer dizer?
- Não melhor, talvez. Mais espertos.
- Não há "melhor". Você NUNCA será MELHOR. Do mesmo modo que NUNCA será MENOS do que ninguém. O hábito é o problema. Precisa estar CONSCIENTE de suas escolhas... e ser RESPONSÁVEL por seus atos"

-----------

"- Toda ação tem seu preço e seu prazer. Reconhecer ambos os lados o torna...
- Realista e responsável por meus atos"

-----------

"- As pessoas mais difíceis de serem amadas... normalmente são as que mais precisam de amor"

-----------

"- Conhecimento não é o mesmo que sabedoria. Sabedoria é agir.
- Eles podiam ter nos matado.
- Seria uma transformação.
- A morte?
- É um pouco mais radical do que a puberdade... mas nada que nos deixe particularmente chateados.
- De que está falando?
- A morte não é triste. O triste é que a maioria das pessoas não vive nada.

-----------

"- Ouçam, só vim aqui para dizer... que nem sempre fui um bom amigo. Na verdade... não me lembro da última vez em que fui amigo de alguém. Vira uma loucura, sabem? O que podemos fazer quando estamos sempre competindo uns contra os outros?"

-----------

"- Confiei demais em minha capacidade. Fui relaxado com minha vida. Estou assustado, mas... sinto que me livrei
das coisas velhas... [...]
- Elimine todo o arrependimento e medo. Todo o resto pertence ao passado ou ao futuro.
- Quero poder fazer isso. Acho que estou pronto.
- Pronto para o quê?
- Para devotar minha vida a um propósito maior.
- É mesmo?
- Servir aos outros, certo? De minha parte, farei tudo o que você mandar.
- Acho que deve continuar a treinar como ginasta. Um guerreiro não desiste do que ele ama, Dan. Ele encontra o amor no que ele faz"

-----------

"Ser guerreiro não exige perfeição. Ou vitória. Ou invulnerabilidade. Ele é a vulnerabilidade absoluta. Essa é a única coragem de verdade"

-----------

- Você pode escolher ser uma vítima, ou o que quiser ser.
- E ignorar o que aconteceu comigo?
- Um guerreiro age e um tolo reage.
- E se não conseguir fazer isso?
- Isso é futuro. Não pense nisso.
- Como eu começaria?
- Não há começar e parar... apenas fazer"

-----------

"Quase toda a humanidade passa por essa situação difícil, Dan. Quando não conseguem o que querem, sofrem. E mesmo quando conseguem exatamente o que querem, continuam a sofrer. Porque não podem se agarrar a isso para sempre"

-----------

"- Não precisa dele ou de uma carta para que se levante naquelas argolas... e fazer o que ama.
- Sim, eu preciso! Está bem? Estou falando em ir lá e ganhar o ouro. Então, sim, eu preciso.
- O ouro é um desejo. ' Se eu a tivesse, seria feliz'. Não ouve isso ai dentro?
- É um sonho, Soc. Não posso acreditar que os sonhos são ruins.
- Não vai entregar seus sonhos, Dan... vai entregar a única coisa que nunca teve e nunca terá... controle. Aceite que você não tem controle sobre o que Ihe aconteceu. Que talvez participe das Olimpíadas e talvez não. Talvez sim ou talvez não, Dan. E que você é excepcional... de qualquer forma [..] Eu Ihe disse que um guerreiro faz aquilo que ama.
- É isso o que eu amo!
- 'Buscar o ouro'! Viver com medo do fracasso... é isso o que você ama?"

-----------

"- Diga as três.
- Minhas três regras? E você já as conhece. Paradoxo... humor e mudança.
- Paradoxos. A vida é um mistério. Não perca tempo tentando entendê-la. Humor. Tenha senso de humor, especialmente sobre si mesmo. É a força por trás de toda atitude. Mudança. Nada permanece o mesmo"

-----------

"- Eu estava finalmente pronto para ver isso?
- Em todo o caminho até aqui, você estava animado, estava feliz.
- Sim, porque achei que ia ver algo!
- Parecia um garoto em uma manhã de Natal, você mesmo disse. O caminho todo até aqui
fez você se sentir bem.
- Porque nas ultimas 3 horas eu estava esperando para ver algo maravilhoso.
- O que isso muda?
- Não há nada aqui exceto essa pedra! [...] Hum. A jornada. A jornada é o que nos traz
a felicidade. Não o destino"

-----

- Você fez algo que nenhum de nós consegue tirar da cabeça. Sabe disso, certo? É tipo um milagre, Dan. Seja o que for que aprendeu, cara. Seja o que for que aquele cara Ihe ensinou... acha que pode passar um pouco dessa mágica para mim?
- Não é mágica, Tommy. É só se livrar das besteiras que você tem na cabeça. Que Ihe dizem que talvez não seja bom o bastante. Então, quando for lá... faça de cada movimento... o movimento. Está bem? Não se trata do ouro. Não se trata do que seu pai pensa de você. Não se trata de nada. Mas daquele momento em particular.
- Mas isso é pelo ouro. Tudo o que fazemos, Dan. Ao menos para mim. Minha vida inteira... foi para esses 20 segundos que ficarei na frente dos juízes. Para que eles possam me dar o ouro. Quer saber o que meu pai pensaria de mim se isso acontecesse? Quer saber como minha vida toda mudaria? Como tudo o que é um problema agora, não importaria mais. Eu teria tudo que quero. Eu ficaria feliz. Eu ficaria feliz, Dan"

-----

"- Onde você está, Dan?
- AQUI.
- Que horas são?
- AGORA.
- O que é você?
- SOU ESTE MOMENTO"



Gostou? Compartilhe:
TwitterStumbleupondel.icio.us

4 comentários:

Herbert Drummond disse...

Olá Nicholas,

Você sempre surpreendendo. Fiz um post em sua homenagem lá na Oficina de Gerência por conta desse seu texto sobre o filme "O Poder Além da Vida". Realmente é lindo. Já o tinha visto há alguns meses e gostei tanto que adquiri o DVD para minha coleção pessoal. Sempre que surge a oportunidade eu o empresto para meus sobrinhos (meus 4 filhos já o viram) e recomendo aos amigos.
Todavia o que mais gostei no seu post foi a sua transparência, sua sinceridade, sua abertura de espírito. É isso meu caro. Você não nega que é um alpinista, um desportista.
Não se deixe abater por nada. Dificuldades são sempre momentâneas. Se há alguma coisa que aprendi, nos meus muitos anos de experiência e - principalmente - de vida, é: "nada resiste ao trabalho e que o caráter é o único cartão de visitas válido como apresentação nesse louco mundo onde estamos passando nossas existências.
Parabéns e mantenha-se assim. Talvez você ainda não saiba direito, mas já é um vencedor.

Bete disse...

Concordo.
Cada vez que venho aqui, recebo uma dose extra de otimismo.
Bjs

Clorofila disse...

o filme é interessante sim.

Maisa Rodrigues disse...

Oi adorei suas palavras :)
Ia assistir esse filme fui ver no google um resumo ... foi como cheguei ate aqui muito legal .... pensamentos positivos ...

Blog Widget by LinkWithin