13.11.08

Livro "Mulheres de Cabul", Harriet Logan

"Eu quero lutar com minha caneta.

Eu lutaria através da força, com uma arma, mas assim teria de matar outras pessoas.

Não quero fazer isso, mesmo que não sejam pessoas boas.

Elas não precisam ser mortas,
precisam aprender a tornar-se humanas"

Marina, mulher afegã, referindo-se à proibição de estudar
imposta pelos talibans, pág. 37.


Mulheres de Cabul - Harriet LoganO livro "Mulheres de Cabul" é obra da premiada fotógrafa inglesa Harriet Logan que esteve no Afeganistão em 1997 (sob domínio dos talebans) e 2001 (após guerra com os EUA e queda dos talebans) colhendo relatos sobre a situação das mulheres no país. Arriscando a própria vida ao fazer isso!

O resultado é um livro ÓTIMO, muito comovente... com fotos e depoimentos marcantes que mostram parte da opressão e da violência sofrida, principalmente, pelas mulheres.

No entanto, o livro mostra também CORAGEM, FORÇA, ESPERANÇA... de moças e senhoras que mesmo frente a TANTO sofrimento, ainda se dispõem a dar tudo de si para reconstruir seu país, sua cultura, suas famílias, sua liberdade.

É um livro que abala a indiferença daqueles que o lêem.



Fiquei impressionado com a descrição de Cabul (capital do Afeganistão) antes do governo taliban!

Era uma cidade intelectualizada, desenvolvida, bonita, culturalmente rica! E em 4 anos virou só ruínas!



O depoimento da Zargoona, ex-professora de física de uma escola técnica, chega a ser sufocante de tão triste. (pág. 71)

E me incomoda DEMAIS, pois tenho consciência de que a situação dela é REAL e IRREVERSÍVEL. A história dela não vai ter "final feliz". Entende?

São mães como nossas mães... irmãs como nossas irmãs, filhas como nossas filhas, gente como a gente! Martirizadas naquele inferno!

E ninguém tá nem ai! Como acontece também em outros conflitos... em outros países do Oriente Médio, da África...


Veja algumas fotos do livro:

BubbleShare: Veja o Álbum!

Deixo em destaque a súplica da Latifa! (pág 110)

"Às mulheres de todo o mundo:
por favor, ajudem as mulheres afegãs
.

Acabamos de sair à luz após um longo período de escuridão.
Por favor, não se esqueçam de nós.


Aprendam conosco, para que nosso sofrimento não se repita jamais"


Sou contra invadirmos a cultura deles, impondo nossa cultura ocidental. Mas as privações a que as mulheres são submetidas extrapolam e muito as estipuladas pelo Islã!

A maioria das proibições são do governo Taleban, não da religião islâmica. Violência pura aos direitos universais do ser humano!

Não acho que os EUA foram lá por serem "bonzinhos"... mas de qualquer forma, parece que nessa fase de governo pós-taliban, esse povo tão sofrido e também tão guerreiro, de mulheres tão fantásticas... está conseguindo se reconstruir e torço para que conquistem o espaço que merecem no cenário mundial.


1985, Steve McCurry fotografa a garota afegã Sharbat Gula.
Seu rosto vira símbolo da luta afegã e foi eleita
a melhor foto da National Geographic



Veja algumas das proibições do governo Taleban:

Parece brincadeira! Imagina acordar um dia num país até então livre e se deparar com essas proibições ABSURDAS?

  • AS MULHERES NÃO DEVEM SAIR DE SUAS RESIDÊNCIAS. SE O FIZEREM, NÃO DEVEM USAR TRAJES ELEGANTES, PRODUTOS COSMÉTICOS OU ATRAIR ATENÇÃO DESNECESSÁRIA. CASO VENHAM A USAR "VESTES ELEGANTES, ADORNADAS, APERTADAS OU ATRAENTES", JAMAIS CONHECERÃO O PARAÍSO.

  • NÃO É PERMITIDO ÀS MULHERES TRABALHAR FORA DO LAR OU FREQÜENTAR ESCOLAS.

  • NENHUM TIPO DE MÚSICA OU DANÇA É PERMITIDO, DONOS DE ESTABELECIMENTOS OU MOTORISTAS PORTANDO FITAS CASSETE SERÃO PRESOS. É PROIBIDO TOCAR TAMBORES.

  • É PROIBIDO RIR EM PÚBLICO.

  • PROIBIDO MANTER POMBOS EM CATIVEIRO E BRINCAR COM PÁSSAROS.

  • PIPAS SÃO PROIBIDAS.

  • FOTOGRAFIAS E RETRATOS SÃO PROIBIDOS, SÃO CONSIDERADOS FORMAS DE IDOLATRIA E DEVEM SER RETIRADOS DOS HOTÉIS, ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS E VEÍCULOS.

  • JOGOS SÃO PROIBIDOS. OS INFRATORES SERÃO PRESOS POR UM MÊS.

  • CORTES DE CABELO A MODA INGLESA E NORTEAMERICANA SÃO PROIBIDOS. PESSOAS DE CABELOS LONGOS SERÃO PRESAS E LEVADAS AO DEPARTAMENTO RELIGIOSO PARA RASPAGEM DOS CABELOS. O CRIMINOSO DEVERÁ PAGAR O BARBEIRO.

  • É PROIBIDO LAVAR ROUPAS NOS RIACHOS E CÓRREGOS DA CIDADE. AS JOVENS QUE VIOLAREM ESTA LEI DEVERÃO SER APANHADAS RESPEITOSAMENTE À MODA ISLÂMICA E LEVADAS PARA SUAS RESIDÊNCIAS, SEUS ESPOSOS SERÃO SEVERAMENTE PUNIDOS.

  • SÃO PROIBIDAS A CONFECÇÃO DE ROUPAS FEMININAS E A TIRADA DE MEDIDAS CORPORAIS POR ALFAIATES, CASO MULHERES OU REVISTAS DE MODA SEJAM VISTAS NUMA ALFAIATARIA, O INFRATOR SERÁ PRESO.

  • TODOS DEVEM REZAR. TODAS AS PESSOAS SÃO OBRIGADAS A COMPARECER À MESQUITA. JOVENS VISTOS EM ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS SERÃO PRESOS IMEDIATAMENTE.



Gostou? Compartilhe:
TwitterStumbleupondel.icio.us

4 comentários:

Babi disse...

QUE ABSURDO!!! PQP!!!!! Eu tô arrepiada desde o começo do post, mas esse final?????? Nossa! Que indignação! Quem são essas pessoas pra privar alguém de sair de casa?! E de rir então?! Robôs!

Bete disse...

Ola Querido
Parabens pela abordagem.
Ja li sobre este assunto no livro Cidade do Sol, do Khaled, autor do Caçador de Pipas.
Apesar da historia ficticia, ele fala do papel da mulher e o terrorismo causado pelo Taliban.
São atrocidades, humilhaçoes e toda sorte de sofrimento que vivem aquele povo, sobretudo as mulheres.
Abraços

Bruna disse...

Uau...fiquei pasma com as proibições...
É um pouco difícil imaginar uma situação assim, acaba indo muito além da realidade vivida por nós aqui.
É um absurdo limitar as pessoas a ponto de torná-las totalmente presas a esses costumes impostos pelo governo Taleban. Tudo bem que a cultura é algo extramamente próprio de cada povo, mas isso acaba sendo uma submissão...já imaginou se fosse assim no Brasil?!
Meu Deus...sem música...sem dança...sem riso...acho que eu ia acabar sendo presa! rs

Ah...voltei a postar vio :)...tava meio sumidinha né...mas agora vou ver se consigo sempre dar uma atualizada no blog...e dar uma passadinha sempre aqui pra ti dar nem que seja um OI...
Bjo...bom final dii semana pra ti Nicholas.

Anônimo disse...

que maluquice , esses caras são dementes

Blog Widget by LinkWithin