4.3.09

Resultado do Julgamento no caso da Flávia



O resultado de 10 anos(!) de luta na justiça:

  • A Odele (mãe de Flávia) foi inocentada da acusação dos réus de ter sido relapsa com a filha.

  • JACUZZI DO BRASIL, fabricante da bomba e acusada de não orientar corretamente a instalação NÃO FOI CONDENADA.

  • O CONDOMÍNIO JARDIM DA JURITI (SP), que realizou a instalação da bomba FOI RESPONSABILIZADO 100% pelo acidente com Flavia.

  • A empresa de seguros AGF BRASIL SEGUROS FOI CONDENADA por não ter me pago o seguro, quando solicitado e no momento devido.

Sobre a isenção da responsabilidade da Jacuzzi, eu precisaria ver se havia ou não orientação adequada nos manuais da empresa para instalação dessas bombas.

Mas quem já conversou com a Odele sabe... ela é uma pessoa BEM SENSATA.. e diz que não havia... :-/


Veja trechos retirados do blog "Flávia, vivendo em coma":

"Temos visto [...] que se o sistema de sucção da piscina estiver com problemas, basta a pessoa se aproximar do ralo para que em segundos, cabelos ou partes de seu corpo (braço, perna, intestino...) sejam sugados, não importando a presença de outras pessoas dentro da piscina.

Estas, nem perceberão a tragédia acontecendo ao lado ou atrás de si, tamanha é a rapidez e a força com que a sucção ocorre, além do inusitado da situação.

Digam-me por favor, antes de saber do caso de Flavia algum de vocês tinha consciência de que ralos de piscinas podem prender embaixo dágua, afogar, matar ou deixar pessoas em coma?!"

"Por isso é que defendo que os fabricantes de sistemas de sucção de piscinas, TÊM SIM a OBRIGAÇAO de alertar em seus manuais, folhetos e embalagens - de forma chamativa – em cores vibrantes e letras graúdas - sobre a periculosidade de seus produtos, caso venham a ser instalados de forma inadequada [...]

Essas Informações poderão significar a diferença entre a vida e a morte de uma pessoa"

"O manual de instruções da Jacuzzi, ao contrário do que determina a Lei 8.078/90, não contém informações nem advertências, quanto a potência, riscos, etc. fazendo iludir o consumidor (Condomínio) a adquirir um equipamento mais caro, justamente pela total falta de informações adequadas"


Graças a divulgação destes acidentes, feita pela Odele e por veículos.. e também graças a consciência do diretor da Sodramar e da ANAPP (Associação Nacional dos Fabricantes e Construtores de Piscinas e Produtos Afins), está sendo feita uma campanha para que as instalações de bombas sejam feitas de maneira adequada e segura aos banhistas.





Gostou? Compartilhe:
TwitterStumbleupondel.icio.us

3 comentários:

Flor disse...

Noossa. Fiquei impressionada.

KG disse...

Poxa, Nicholas, poderia ter acontecido com qqer um de nós, não?
Piscina...
E já não é o primeiro caso!
Triste história... Mas, mais importante que o julgamento, é a disseminação de informações, para evitarmos outras tragédias mais!
Abraços!

Bete disse...

Ola querido
Temos acompanhado de perto o sofrimento dessas guerreiras.
Acho que poderia ser melhor, mas já é uma vitória.
Como disse no comentario que deixei no blog da Flavia, nossas vidas dependem de pessoas que vivem em total conforto e não conhecem nossa realidade, nosso sofrimento.
Parabens pela postagem
Bjs no coração

Blog Widget by LinkWithin