25.6.09

Como NUNCA sentir TÉDIO - parte 1 de 2

"Qual é o oposto de Felicidade? É Tristeza? Não.

Assim como o oposto de Amor é a Indiferença e não Ódio,
o oposto da Felicidade é o Tédio.

Excitação é o sinônimo mais prático para felicidade, e é exatamente o que devemos alcançar.

O pior que pode acontecer a uma pessoa é aceitar esse TÉDIO TERMINAL"

(Tim Ferris)

Gerard Manion"Só os entediantes ficam entediados!" (Anônimo)
Obs. desenho de Gerard Manion

Eu NUNCA sinto Tédio.

Mesmo APRISIONADO na Facul ou com algo maçante no Trabalho, meu pensamento VIAJA! Passa a milhão de moto pela Patagônia, Bolívia, China... e vai embora! Li uma frase que explica bem isso:

"Quando descobri que o máximo que podiam fazer era prender meu corpo, percebi a extensão da minha liberdade"

(Henry Thoreau)

Em relação à rotina, às vezes até reclamo... é mais para puxar assunto, do que por descontentamento.

O recurso "Fechar a cara" eu uso para espantar gente chata, assim não corro o risco de ficar com a cara fechada para valer.

Quando me aborreço, é sempre por não conseguir fazer tudo que estou querendo, nunca por não ter o que fazer.

Mas quando estou com alguém que gosto ou "eu comigo mesmo", sinto empolgação por estar VIVO e vem uma quantidade enorme de coisas na cabeça que PRECISOQUEROVOU CONHECERVERPEGARREALIZAReVIVENCIAR!

Mesmo quando sozinho, estou sempre enrolado numa INFINIDADE de livros, filmes, músicas, lugares, projetos... quanto mais conheço, mais trocentos aparecem! Vou precisar de 100 vidas para dar conta da minha listinha "ver antes de apodrecer"! :D

Já as pessoas, não sei o que acontece, estão vivas e não estão. Quantas saem de férias nesse inverno e ficam perdidaças ou tristes? Acham isso normal... Eu acho aterrorizante!

Conheço gente que saiu de férias do trabalho, disse que não tinha nada para fazer e apareceu no trabalho de novo. PQP! Vai no cinema, toma um sorvete... qualquer coisa!

E o cara não fez isso porque curte o trabalho, pois continuou meio perdidão lá também. É falta de visão e iniciativa para ir se divertir.... ruim demais isso! :-/

Outra experiência que tive - assustadora - foi de um professor que pediu para cada um falar o que gosta de fazer. Tudo que saiu foi "ouvir música", "namorar" e "sair à noite" só! Criatividade nota mil, vezes zero! :-P

Quando chegou minha vez, tive que me conter para não despejar apaixonadamente as coisas que eu gosto: moto, escalada, ler, viajar, marketing, coca-cola, causas sociais, sorvete, blogs, colocar vídeo no youtube, piadas sem graça, sucrilhos, Angelina Jolie e por aí vai!

Não sei como alguém consegue viver sem paixão pelas coisas, sem correr atrás de grandes sonhos e propósitos.

Não há sentimento mais delicioso do que estar empenhado de corpo e alma em uma atividade que você ama, plenamente envolvido e imerso na experiência, pensando só no momento e em mais nada! Nem sou eu que estou falando, isso tem até nome: Flow ou Fluxo (li mais coisas legais também em Psicologia Positiva).

É o que ocorre quando um escalador sobe uma montanha, um solista toca uma música, um monge pratica sua religião, um menino está na última fase do videogame, uma bailarina está dançando... a pessoa está 300% envolvida, vivenciando tudo aquilo!


Cada segundo de "Flow", é um segundo vivido em plenitude.
Cada segundo de Tédio, é um segundo "morrido" em plenitude.

Se você fica muitas vezes entediado, não acha nada para fazer... Não se acostume! Lute contra esse "Tédio Terminal":

"Não é o tédio a doença do aborrecimento de nada ter que fazer, mas a DOENÇA MAIOR de se sentir que não vale a pena fazer nada"

(Fernando Pessoa, "Livro do Desassossego")

Amanhã, na 2ª parte desse post, vou listar as coisas que me ajudam a vencer essa doença que "mata deixando vivo".

Ah, e blogar é uma dessas coisas... claro! rs ;)



Gostou? Compartilhe:
TwitterStumbleupondel.icio.us

5 comentários:

Mariah disse...

Nossa adorei este post, rí muito sozinha quando disse: "Quando chegou minha vez, tive que me conter para não despejar... blá, blá, blá...

Palavra Tédio, bani de meu dicionário, meu mundo....

Me perco nos projetos/pensamentos que tanto almejo...

Abraços!

Canteiro Pessoal disse...

Salva de palmas pelo post Nicolas. E que amo este 'Livro do Desassossego', citar fabuloso !
Estarei no aguardo pela 2º parte e aí, escreverei um testamento sobre o que já tenho em mente e no mais que concerteza virá.

[...]

bjs mil

Priscila Cáliga

Thiago disse...

sabio nicholas :P

Simone Assis disse...

olá!!encontrei seu blog através d tantos outros...rs.. e adorei o q escreveu... espero a 2º parte!! abraços!!!

Sabrina Noureddine disse...

Oi Nicholas,
Adorei este post!!! Legal o gráfico...
O mundo precisa de mais gente assim, alto-astral, pensamento a mil, crítico, consciente!!!
Em relação ao livro do Bauman, fiz um post com um pouco do pensamento dele, aposto que vc ficará com mais vontade de lê-lo...
Abs.

Blog Widget by LinkWithin