10.6.09

Estou de FÉRIAS!!! (e porque ODEIO a Faculdade)

Uhuuu já passei em tudo, estou de férias!!! Só falta inglês porque não deu para ir na prova, mas essa eu "garantio"!

Agora serei 10x mais produtivo, 20x mais disposto, 30x mais social e INFINITAMENTE mais feliz! :D

\o/

Não é que odeio a faculdade, mas tem hora que é muito monótono.

E estranho né... gosto de ler, adoro trabalhar, amo aprender! Mas sala de aula, às vezes beira o insuportável! É como se aparecesse um buraco negro, sugando minha energia e atenção.

Olha o buraco negro aí

E não é NADA pessoal. Adoro meus colegas de sala, gosto dos professores e aprendi coisas bacanas! Mas por outro lado, é um investimento enorme de dinheiro e tempo, e muita vezes o retorno em conhecimento é baixíssimo! Na internet, nos livros, conversando e fazendo... aprendo mais e mais rápido, pensando como fica na prática!

Também não é a minha faculdade, mas em todas as escolas que estudei! Fiz 1 ano de engenharia agrícola na Unicamp e muito do que ensinavam era inútil e inaplicável!

E não sou eu o problema. Entre as pessoas mais inteligentes que conheço, a maioria é assim por sua própria curiosidade na vida e não pelo o que aprendeu na faculdade, algumas nem tem diploma. Na minha vida profissional já cansei de ver gente com ótima formação e incompetente no trabalho!

O problema está na estrutura da coisa. Nossos moldes para ensino são arcaicos, os mesmos da época dos sofistas gregos a 3.000 anos atrás! É uma eternidade em que não evoluímos praticamente NADA!

Isso porque educação é o fator PRINCIPAL no desenvolvimento de um país. Mas parece que funciona ao contrário:
  • Ao invés de estimular a criatividade, padroniza o pensamento e mata a criatividade.
  • Ao invés de desenvolver a vocação do aluno, manda ele fazer outras coisas.
  • Ao invés de levantar questões e ensinar os alunos a buscarem respostas, os professores dão respostas prontas (às vezes erradas).
  • Ao invés de incentivar a participação e a democracia, reina a tirania.
  • Ao invés de celebrar às mudanças e a novidade, defende o velho e a mesmice.

Nessa os alunos fingem que aprendem, os professores fingem que ensinam... e o que mais me admira: as empresas e sociedade fingem que esse sistema milenar decadente funciona!

É uma hipocrisia tão difundida que mesmo odiando sou obrigado a me submeter (ou terei muito mais dificuldade) para ganhar uma promoção ou arrumar um emprego melhor.

zzzzz

Não acho que seja culpa dos professores. Muitos realmente são comprometidos em construir um futuro melhor, mas são forçados a se adequar. Além do salário aviltante, são muitas vezes vítimas da violência de pais e alunos, o que é inaceitável.

Mas para aqueles que conseguem superar esses obstáculos e encontram-se numa condição mais favorável... por favor, não reproduzam esse sistema o qual já sabemos, NÃO FUNCIONA!

Sei que é muito difícil! Apesar de eu ser um aluno revoltado, já trabalhei 1 ano como professor e sei que era difícil. Mas se não mudar isso, seu objetivo de preparar verdadeiramente pessoas para um futuro melhor estará indo para o ralo!

Digo aos professores:
  • PAREM DE DAR RESPOSTAS. Façam perguntas. Deixe-os raciocinar, buscar respostas, buscar novas perguntas... e então perguntem de novo.
  • Oriente, mostre caminhos e então, deixe-os caminhar!
  • A função do professor é inspirar, dividir experiências e coordenar o trabalho colaborativo dos alunos... para que aprendam a desenvolver todo o potencial da sua criatividade e aptidões.
  • A função do professor não é adestrar, nem dar respostas prontas, nem ficar repetindo que nem papagaio o que está no livro.
  • Domine a Tecnologia (blogs, wikis, grupos de e-mails, youtube, power point... é o mínimo)
  • Não precisa ter medo de um aluno saber algo que você não sabe, você não é uma enciclopédia, você é um orientador

Digo aos alunos:
  • Sua educação é SUA RESPONSABILIDADE. Não aceite respostas prontas de ninguém. Procure em várias fontes, analise e forme SUAS OPINIÕES filtrando sempre com a SUA RAZÃO.
  • Aprenda a Aprender
  • Aprenda a se Expressar oralmente e pela escrita
  • Aprenda usar a Tecnologia
  • Aprenda a Colaborar e trabalhar com outras pessoas
  • Desenvolva suas Aptidões e sua Criatividade
  • Questione sempre e mostre na sua faculdade, com seus resultados, que é assim que se aprende mais.

Quer REALMENTE aprender algo? Todo mundo é capaz de aprender QUALQUER coisa.

Se não sabe nada sobre o assunto, comece pelo começo: procure na internet, peça dicas em comunidades, leia livros da área, converse com pessoas com experiência prática naquilo que você quer, põe a mão na massa... e você vai aprender, seja o que for!

Tudo é difícil quando a gente não sabe, conforme vamos aprendendo, vai ficando fácil! ;)

Enfim, chega de revolta! Escola sempre vai existir e é importante, professores idem, aprender mais ainda... só acho que do jeito que tá, não dá! rsrs

Agora quero mais é aproveitar BEMMM minhas férias da facul! Vou conseguir me dedicar bem mais ao trabalho, às pessoas que eu gosto e bemmm mais ao blog! E logo já me formo também, ai com o diploma na mão vai tá beleza!

E aqui no blog tô com vários posts pra fazer! Principalmente sobre livros e filmes.. quem me acompanhar, verá! ;)

Links Relacionados:

Veja o que o Calvim acha! rs



Gostou? Compartilhe:
TwitterStumbleupondel.icio.us

8 comentários:

Mélker Rúbio disse...

também odeio escola, e acho que aprender na internet eh mais facil.

e adoro do calvin.


otimo blog o seu.
ja sou um leitor assíduo.

otimas férias...

Thiago disse...

Bom...vamos fazer algo com essas férias...o feriado esta ai (pequeno pq temos que trabalhar...mas esta ai)

TEMPOS DE DEUS ! disse...

Olá, o meu tempo de escola já passou, se tive de voltar teria arrepios. Muito boa as colocações sobre um currículo melhor, como disseste: "O problema está na estrutura da coisa. Nossos moldes para ensino são arcaicos, os mesmos da época dos sofistas gregos a 3.000 anos atrás! É uma eternidade em que não evoluímos praticamente NADA!". Olha, quando realmente vc quer escrever, vc manda bala mesmo, até enviei para umas manas minhas no RGS tchê. Que são professoras e doutoras...bha tchê, te mete, tri-legal.
Ótimas férias guri....

TEMPOS DE DEUS ! disse...

Ha esqueci guri, preciso aprender um pouco de inglês. Será que depois dessa. Terás tempo nas férias. rsrsrsrs.....
Bha tchê, fica com Deus e na paz de Jesus!

Natalie S. Dowsley disse...

hahahahahahahaha!!!
achei o MÁXIMO o post!!! Não me contive e tive crises de riso em alguns momentos, mas, quando entrava a parte "séria" da história - nossa educação retrógrada e limitadora, em vez de "libertadora", como propunha Paulo Freire -, a vontade era chorar de raiva! =P
Ótimo assunto!!!
Boas férias pra tu!!!! =)
beiju!!!

JPFOX disse...

Muito bom o post.
A educação precisa mudar de forma radical no Brasil. Diregentes educacionais, professores e principalmente pais de alunos precisam trabalhar de mãos dadas nessa árdua tarefa. Sou professor e faço o que o sistema nos oferece. Não concordo, mas por enquanto tenho que fazer. Do jeito que está, qualquer um pode dar aula. O conteúdo já está pronto, o livro escolhido e sua única tarefa real é "adestrar" os alunos. Nós temos que escolher o melhor para eles e qual caminho devem seguir. Infelizmente!!!
Tenho fé que isso possa mudar. Desculpe pelo tamanho do comentário.
Inté...

Jeferson Carvalho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jeferson Carvalho disse...

Essa é uma tendência que o psicólogo Daniel Goleman aponta no livro Inteligência Emocional.
Fala exatamente isso o que você postou.
O ensino atual mina a criatividade das pessoas, as transformam em robôs medíocres.
O ensino atual não desenvolve os talentos naturais das pessoas.
Se alguém é excelente em música ou artes, por exemplo, mas é fraca em matemática, ela não vai passar de ano a não ser que atinja aquela média mínima na nota de matemática.

Pior é que boa parte das coisas que se "aprende" não tem utilidade prática.

Fala também de pessoas que nem às vezes nem terminam a escola ou faculdade e conseguiram crescer na vida.

Acho que Steve Jobs é um exemplo desse tipo de pessoa. Abandonou a faculdade e passou a assistir aulas só da matéria que ele se interessava, que era caligrafia. E o resto é história.

Blog Widget by LinkWithin