15.9.09

"Escolas matam a criatividade?", Ken Robinson - TED

Palestra FANTÁSTICA! =D

Parte 1 (10 min):


http://www.youtube.com/watch?v=yFi1mKnvs2w

Parte 2 (10 min):


http://www.youtube.com/watch?v=0pn_oTIwy4g

Resumo / Melhores Trechos:

"Não sabemos como será o futuro, temos que preparar as crianças para a imprevisibilidade"

"Criatividade é tão importante hoje quanto alfabetização"

"Todas as crianças nascem criativas, nós é que tiramos isso delas, e de uma forma cruel."

"Se não estiver preparado para errar, nunca terá uma idéia original. Nas empresas nós estigmatizamos os erros, e em nossos sistemas educacionais os erros são tratados como a pior coisa"

"Somos desviados na escola de coisas que gostamos, com base na premissa de que nunca arranjaríamos emprego com aquilo. 'Não faça música, você não será músico'; 'Não faça artes, você não será artista'. Conselhos profundamente errados."

"Muitas pessoas altamente talentosas, brilhantes e criativas, pensam que não são. Porque aquilo em que eram boas, não era valorizado ou até estigamtizado na escola. Não podemos admitir que isso continue."

"No próximo ano, mais gente irá se formar do que desde o início da história. Com essa abundância, ter um diplomas não vale mais nada. Hoje é preciso um mestrado para ocupar uma vaga que era antes de bacharelado. É uma inflação acadêmica. Isso mostra que o alicerce do nosso sistema educacional está ruindo"

"Inteligência é diversidade, interação e é distinta para cada um"

"A mãe de Gillian Lynne foi alertada por uma professora que sua filha tinha dificuldade para aprender.

Levou a menina ao médico e após alguns exames, deixaram-na sozinha com um rádio ligado. Tão logo saíram da sala, a menina começou a se mexer.

O médico disse "Sua filha não está doente, ela é uma dançarina. Coloque-a em uma escola de dança". Tornou-se reconhecida dançarina e coreógrafa, trabalhou em "Cats" e "Fantasma da Ópera".

Criou sua própria companhia de dança. Foi responsável por algumas das mais bem-sucedidas produções teatrais da história. Levou alegria a milhões e é multimilionária.

Um outro médico podia ter lhe receitado remédios para que se acalmasse"

"Precisamos encarar nossas capacidades criativas como a riqueza que representam, e encarar nossas crianças como a esperança que representam"

Veja também:



Gostou? Compartilhe:
TwitterStumbleupondel.icio.us

1 comentários:

Herbert Drummond disse...

Olá Nicholas,

Quem está vivo termina aparecendo não é mesmo? Passo pelo teu blogão para deixar um abraço de sempre.
Embora possa não parecer, mas estou sempre te acompanhando (sou um seguidor do blog lembra-se?). Além do mais estás na minha Vitrine de Blogs o que quer dizer que estou on line com teus posts.
Devo dizer que durante minhas mais recentes visitas observei que o blog evoluiu assim como você também. Está mais diverso e mais, como direi... holístico. Eu gostei!
Grande e fraterno abraço.

Blog Widget by LinkWithin