3.12.09

Aula de Empatia em 7 Lições - LLL

O meu blog favorito Liberal, Libertário, Libertino (LLL) começou uma série de posts que promete.

O objetivo, segundo ele, é "tornar sua vida cotidiana inviável" =-|


O que é empatia? Basicamente, a capacidade de se imaginar no lugar dos outros.

Uma frase que curti no post inicial dele foi: "O mal é a ausência de empatia". Tem muita verdade nisso.

Abaixo, o índice da série. O 1º post já está no ar, a próxima lição sai na quinta que vem. ;)

Aula de Empatia em Sete Lições:

1 - Dar-se Conta
2 - Ver
3 - Extrapolar
4 - Ouvir
5 - Sentir
6 - Interagir
7 - Ser

Tem outros posts ótimos, da série sobre Mudanças Ideológicas, que vale muito destacar:

Também tem os livros dele:



Gostou? Compartilhe:
TwitterStumbleupondel.icio.us

3 comentários:

Canteiro Pessoal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Canteiro Pessoal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Canteiro Pessoal disse...

O pouco que li sobre este livro 'Mulher de um Homem Só' aguça os sentidos e mergulhar no livro, um devorar intenso, pena que já não o encontro para baixar. Deveriam escrever um livro de 'Homem de uma Mulher Só', aí se teria esses dois seres em discussão e reflexão. Nunca acreditei na amizade de um homem e mulher e vice-versa, afinal os instintos entram em ação. Homem numa suposta relação de amizade com uma mulher, disfarça o tal interesse só para não perder o contato. Mulher é ser que se alimenta desta relação e quando vê o homem criar laço com outra entra em pânico. Se na tal 'suposta amizade [camuflagem]' não ocorrer um jogo aberto de que amizade é e [foi] papel inexistente, aí um papel cruel entra em cena, que uma das partes estando com outra pessoa por conveniência, será estar com a primeira pessoa em cabeça, e tudo que se faz na relação é como se estivesse fazendo com a primeira pessoa. Afinal, numa tal 'amizade' existe os pontos em atuação que apreciamos e gosto. E toda relação começa nesta linha. Relação é questão tão delicada de se expressar, só sei que nenhum ser escapa de tal sentir [há o desejo pelo outro e estar grudado, afinal o criador nos pincelou com a tal sexualidade e prazer, mas prazer pleno], um dia é pego no laço. Penso comigo: mulher é de um homem só e homem de uma mulher só, o papel se desvirtuando é porque na história aconteceu desgosto e tais em decisão se separam, entra a questão da 'razão'.

Abraços

Priscila Cáliga

Blog Widget by LinkWithin