23.12.09

Filme "Um Homem de Família" (A Family Man, 2000)

Se você fizesse escolhas diferentes?
Se dissesse sim, ao invés de não?
Se você tivesse uma 2ª chance?


É um dos filmes favoritos! Vou explicar o porquê :)

O protagonista é o um executivo top - com ferrari, dinheiro, mulheres. Nas vésperas do natal, recebe uma carta da antiga namorada e pensa sobre como poderia ter sido diferente se tivessem ficado juntos.

Andando na rua, conhece um cara estranho e magicamente acorda ao lado da antiga namorada, agora casados, com filhos, como se tivesse optado pelo casamento ao invés da carreira.

No começo, ele fica doido! Acostumado com tanto luxo e prestígio, se vê morando no subúrbio e trabalhando numa loja de pneus.

Passado o choque inicial, ele tenta virar o jogo. Utilizando suas habilidades como homem de negócios, parte para recuperar o patrimônio perdido.

Ao mesmo tempo, começa a perceber o valor de coisas simples, como o sorriso da filha, estar com a mulher que sempre amou, jogar boliche com os amigos - e começa a ficar dividido.


O filme apesar desse enredo fantasioso que geralmente não me agrada, tem uma atuação ótima e várias cenas excelentes. As descobertas do "ambicioso capitalista" como então "pai de família" me fazem pensar bastante.

É um conflito muito presente em mim: entre coisas que quero tentar realizar e minha paixão por coisas simples da vida das quais não quero abrir mão.

Bom assistir esse filme para lembrar de coisas importantes que esquecemos no dia-a-dia e valorizar os momentos em família que a maioria de nós teremos neste natal. ;)


http://www.youtube.com/watch?v=ftad_zxhA5I



Gostou? Compartilhe:
TwitterStumbleupondel.icio.us

3 comentários:

Canteiro Pessoal disse...

Nicholas. Penso: O que ainda 'ter' se não temos com quem dividir? Estive assistindo tempos atrás uma reportagem de Ana Paula Padrão em Butão e me chamou atenção o fato de adotarem FIB e não ao PIB. A felicidade, o simples, a família e o bem em comum são o alvo deste povo. Enquanto nós do Ocidente felicidade é o ter, consumo. Ontem assistindo um filme uma frase me fez pensar em muitas coisitas. 'Quando é que vamos dar importância as pessoas e não ao lucro?'

Abraços.

Priscila Cáliga

Arian disse...

Bem lembrado meu caro!

Um ótimo filme para esta época do ano... relembrar os verdadeiros valores!

Renata Mafra disse...

Ola Nicholas,
É sempre muito bom passar pelo seu blog. Este filme, realmente trás uma reflexão, e muito bom ter pessoas como você para estar fazendo este tipo de lembrança à reflexão.
Tão bom quanto ter filmes e mensagens legais, é ter pessoas que passem isto adiante.
Passa lá no blog, você esta no meu caminho.....rsrsrs
Abração!

Blog Widget by LinkWithin