6.1.10

7 Duras Lições para Empreendedores - Paul Graham

Eu estava relendo esse post clássico do Paul Graham e resolvi publicar um resumo com os melhores trechos :)


1. Lance logo

Faça uma 1ª versão rápido e então melhore com base nas reações dos usuários. Se a idéia não for boa ou existir outros problemas, o stress de lançar a 1ª versão irá expor isso. E você desejará saber sobre eles cedo.

Além disso, lançar cedo irá te fazer trabalhar mais duro. Há muito mais senso de urgência depois que você lança.

2. Continue implementando melhorias

Você deve deixar o sistema melhor, nem que seja um pouco, a cada um ou dois dias.

Mais do que uma forma de desenvolvimento efetiva, é também uma forma de marketing. Usuários amam sites que estão sempre com novas melhorias. Na verdade, os usuários esperam por isso.

E gostarão ainda mais se as melhorias foram em respostas aos comentários deles. Usuários estão acostumados com empresas ignorando-os. Se você for a rara exceção, irá gerar fidelidade fanática.

O lance é pensar que tudo o que você já fez está longe do que poderia ser. Se parecer que seu produto está terminado, provavelmente é falta de imaginação sua.

3. Faça os usuários felizes

Usuários são como vento que pode levar as folhas (startups) para o céu ou deixá-las no chão. O que você tem que fazer é ficar numa posição que o vento te leve quando passar.

O mais importante é explicar, da forma mais objetiva possível, sobre o que é o seu negócio. Você deve ser capaz de explicar isso em uma ou duas frases, não apenas para usuários, mas para todos: investidores, compradores, parceiros, repórteres, empregados potenciais e atuais.

Melhor ainda é não apenas dizer, mas mostrar. O objetivo do seu site é converter visitantes casuais em usuários. Você pode medir isso na sua taxa de crescimento. Se o site está conseguindo ou não, você deve saber. E se não estiver, é bom consertar o que estiver errado.

Outra coisa importante é mostrar logo de cara o que você tem de melhor. Se você tem algo impressionante, tente colocar isso na página inicial, para que a maioria dos visitante veja. Quanto mais colocar as coisas boas na frente, mais os visitantes vão querer explorar o fundo.

4. Tenha medo das coisas certas

Startups estão certas em ser paranóicas, mas às vezes temem as coisas erradas. "Desastres" são normais em uma startup: um fundador sai, você descobre que há uma patente no que está fazendo, os servidores travam, precisa mudar o nome da empresa, um acordo é quebrado - tudo isso faz parte, não irá te matar a menos que você deixe.

A maioria dos competidores também não. Um monte de empresas se preocupam "e se o google estiver fazendo o mesmo que nós?". O pessoal do Google é inteligente, mas tanto quanto você, nem tão motivados quanto você, porque não estão ameaçados de sair do negócio e por causa da burocracia que os atrapalha.

O que você tem que temer, não são os competidores estabelecidos, mas outras empresas que você ainda nem conhece, por que igual a você, são animais encurralados.

Você precisa competir contra o que outra pessoa poderia estar fazendo, não apenas aquilo que você vê as pessoas fazendo. Não importa qual a sua idéia, outra pessoa estará trabalhando na mesma coisa.

Há outras coisas além de competidores que precisa temer: disputas internas, inércia e ignorar usuários (essa é a mais grave). Se você quer um modelo de startup que irá falhar, aqui está: uma dupla de fundadores tem um grande idéia que sabem que todos irão amar, e isso que irão construir, não importa o que aconteça.

Quase todos os planos iniciais são falhos. Se as empresas ficassem presas aos seus planos iniciais, a Microsoft estara vendendo linguagens de programação e a Apple venderia placas de circuito impresso. Em ambas, os consumidores falaram e eles foram espertas em ouví-los.

Você irá encontrar muito mais coisas interessantes olhando para o mundo do que pode produzir apenas pelo pensamento. Nenhuma idéia para um produto pode ser melhor do que as que irão aparecer ao mostrar alguns protótipos para um tanto de usuários.

5. Comprometimento é o mais importante

Você pode perder muitos cérebros e isso não irá te matar. Mas perca um pouco do comprometimento e logo estará morto. No entanto, teimosia não é o mesmo que determinação, e é desastrosa para uma empresa. Você precisa ser determinado, mas flexível, mudar as táticas e improvisar quando for preciso.

6. Sempre haverá mais um lugar ao sol

Você acha que daqui 100 anos, as únicas redes sociais serão Facebook, Myspace, Flickr, Delicious? Sempre haverá lugar para novidades.

Startups fazem coisas que as pessoas desejam, e não há um limite para isso.

7. Não eleve suas expectativas

Fundadores são naturalmente otimistas, e precisam ser. Mas trate seu otimismo como se fosse um reator nuclear: uma fonte de energia perigosa. Você precisa construir uma proteção em volta, ou irá te fritar.

Tudo bem em ser otimista sobre o que você pode fazer, mas assuma o pior cenário quando lidar com equipamentos e outras pessoas.

E mais importante ainda quando se trata de acordos. Se sua empresa estiver fazendo um acordo, não assuma que irá ocorrer. O investidor que irá investir, não vai. O empresa que irá comprar, não vai.

Isso é para caso o acordo caia por terra, você não caia junto. A tendência é pararmos de procurar investidores quando ouvimos que um irá investir. Os investidores querem que você pare de procurar, e você também, porque procurar investidores e ficar negociando é um saco. Mas você tem que se forçar a continuar.

Investidores são negociadores profissionais. Eles são treinados para tirar vantagem da fraqueza. A única forma de uma startup levar vantagem em um negócio é não precisando dele. Quanto menos você acreditar no acordo, menos será dependente dele.

O caminho do sucesso para uma startup é focar em conquistar muitos usuários, e continuar em frente enquanto os investidores correm para oferecer dinheiro a você.



Gostou? Compartilhe:
TwitterStumbleupondel.icio.us

2 comentários:

Raul Andrade disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Raul Andrade disse...

ótimas lições, leio seu blog Há tempos, bacana que disponibiliza seu tempo para disseminar ideias relevantes para as pessoas! Abraços

Blog Widget by LinkWithin