25.6.10

Banco da Margie

Quando eu tiver a minha casa e um banco no jardim, certeza que vou escrever algo assim! :)

Um ótimo final de semana para vocês ;)

"Por favor, use esse banco para dizer a uma pessoa o quanto você gosta dela, beije, abrace, agrade, acaricie, toque, sorria, dê risada, faça exercícios para tríceps e flexões! "

imagem via bizrevolution



Gostou? Compartilhe:
TwitterStumbleupondel.icio.us

3 comentários:

Thatiana disse...

Que lindo! :D
Acho que vou querer um banco desses pra mim tb!

Lindo FDS pra vc tb, Nic, grande bjo!

Canteiro Pessoal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Canteiro Pessoal disse...

Nicholas, maravilhoso! Um resgate de que com atos simples se faz o grande, e incalculável toque intimal, que não se apaga.

No banco escreveria:

Vem, primavera, envolve-me nos braços quentes e desgela-me de forma que as palavras fiquem mudas e os olhos sejam expressões diárias do florir, desabrochar único e marcante. Que não adormeça os sentimentos que fervilham dentro de mim e me fazem neutralizar para sempre o superficial. Sentir, pensar alto o que se faz estar viva, com dois de mãos dadas. Não quero dormir, para apenas as delícias dos manjares à mesa do Rei, aquecer-me com raios quentes e dando toda a essência, apropriando da minha alma e pisa-a com delicadeza, como uma seda pura, se tratando do transformar em lágrimas sob a forma de chuva, que aumenta o tom de azul. O olhar para as folhas, que se atiram ao vento e as consegue em milagre juntar de novo, e o tempo pára no momento em que nos olhamos em entrega.

Priscila Cáliga

Blog Widget by LinkWithin