12.6.10

Reflexão no Dia dos Namorados

"O papo era caloroso e gentil. Fiquei com vontade de ver Rita novamente e lhe dizer uma porção de coisas, e realmente fazer amor desta vez, e tranquilizar seus temores em relação aos homens.

Garotas e rapazes da América têm curtido momentos realmente tristes quando estão juntos; a artificialidade os força a se submeterem imediatamente ao sexo, sem os devidos diálogos preliminares.

Não me refiro a galanteios - mas sim um profundo diálogo de almas, porque a vida é sagrada e cada momento é precioso."


(trecho de "On The Road" do Jack Kerouac
- um dos meus livros favoritos)

"Lovers" - Magritte

Está cada vez mais difícil ter um bom relacionamento.

Vejo vários problemas comuns:

- Namoro "Atraso de vida"

A maioria dos casais estão naquele namoro onde já acabou a empolgação, sabem que não foram feitos um para o outro e ficam arrastando por comodismo até aparecer "coisa melhor". Mas como irá aparecer coisa melhor, se o espaço está ocupado?

Apesar das juras de amor no orkut, eles não tem paciência um com o outro. É um namoro que parece sugar a energia... mas usam para fugir do tédio, para preencher outro tipo de vazio.

Tornam-se pessoas com poucos amigos, com poucas experiências, sem vida própria.

Quando o namoro acaba, não tem amigos nem hobbies, não viveram experiências diferentes, não sentem bem sozinhos, é como se voltassem a estaca zero... o tal do "atraso de vida".

Essa falta de propósito, de amizade, de se sentir bem consigo mesmo... não é namoro que resolve, mas resolvendo isso é que se resolve o namoro.

- A Fila "Voa"

Tem pessoas que estão sempre alternando entre o estado de solteiro e comprometido... encontra uma pessoa bacana, namora, larga.. conhece outra, namora, larga.. cada hora é um motivo besta diferente.

São pessoas sem paciência, com medo de se entregar, de ficarem vulneráveis, de perderem o controle... e auto-sabotam a relação.

Se apaixonam por uma imagem de parceiro ideal que nunca virá.

Amor sem vulnerabilidade não existe. Namorado(a) ideal, não existe.

- Guerra Homem x Mulher

Fica essa bobeira de "ele tá correndo atrás de mim", "ela não sai do meu pé", "vou dar um gelo nele", "vou pegar ela, vai comer na minha mão". Que lixo é esse?

Homens e mulheres ficam traçando estratégias de defesa e ataque, manipulando sentimentos alheios, fingindo que gosta ou que não gosta, competindo para ver quem bombardeia mais o coração do outro.

É uma guerra que ninguém vence. Tem joguinhos saudáveis, que divertem a relação. Agora ficar manipulando as pessoas, forjando sentimentos... para ter um bando de baba-ovos atrás ou aquele harém de mulher em volta, só faz as pessoas se decepcionarem, ficarem na defensiva e com vontade de "se vingar" do sexo oposto.

- Surdo-Mudo

É aquele casal que não tem uma conversa aberta, que não são sinceros entre si, que não falam o que sentem.. e acumulam ressentimentos que a outra pessoa nem imagina.

Concordo que tem coisa mais legal do que discutir relação, mas falar numa boa (sem perder a calma, nem deixar a emoção tomar conta) sobre algo que aborreceu, sobre algo que não te deixa satisfeito, disposto a ajudar e a ceder em outras coisas também, só irá fazer bem.

Tem gente que diz amar o outro, mas vive traindo, vive com medo. Como consegue viver assim? É mais fácil alguém aceitar um relacionamento aberto do que perdoar uma traição. Evita mágoas maiores e mantém a dignidade, pelo menos.

Conversando na boa tudo se resolve... e o que é combinado não sai caro.

- Falsa Amizade entre Homem e Mulher

Amizade com o sexo oposto é complicada, mas existe. É um grande aprendizado e nos torna pessoas melhores.

Mas tem que ter cabeça boa. O sentimento pode mudar, e é um masoquismo ser apenas amigo de quem se ama. Tem que dar um tempo, conhecer outras pessoas, esfriar. E o amigo(a) tem que compreender e colaborar.

No entanto, é comum homens serem "amigos" apenas por interesse sexual ou afetivo. Fazem favores, gastam dinheiro, babam ovo - e quando não aguentam mais ver a menina ficando com outros, dão o ultimato. A menina fala que é só amizade, e ele fica puto, fica triste, se afasta, a "amizade" acaba.

E tem muita mulher que vive nutrindo esse tipo de amizade, usufruindo de favores e presentes - no fundo sabe que é tudo tentativa para conquistá-la - depois, se faz de desentendida, "somos apenas amigos".

Perceba que não acho ninguém santo nessa situação. Homem age como falso amigo, tonto e interesseiro. Mulher age como falsa amiga, oportunista e interesseira. Sempre acaba em ressentimento e afastamento.

Homens: não tentem "comprar" o amor de uma mulher, ou depois não reclamem de ser explorados. Vale a pena ver essa tirinha.

Mulheres: não fiquem explorando baba-ovo, corta logo! Uma hora o cara vai se ressentir, pegar ódio. Maluco tem de monte por aí.

- Tatu-bola

O mundo do amor é cruel com os introspectivos. São pessoas que se satisfazem com seus próprios pensamentos, não tem paciência para conversa-furada, muitos são tímidos e nas primeiras tentativas quebram a cara e se fecham no mundo da lua.

Ficar sonhando acordado e se dedicar a outras coisas... não irá ajudar a realizar-se na vida amorosa. Ninguém tem tempo nem paciência para ficar adivinhando os sentimentos de outro, se está interessado ou não... tem que demonstrar, sair da toca.

Faz aula de qualquer coisa, dança, música, academia, compre roupas novas, saia sempre que convidarem, mesmo se não tiver afim... leia livros sobre relacionamentos, peça ajuda para seus amigos, abra-se para a vida e para as experiências maravilhosas que ela oferece.

Enfim

Tantas mudanças, tantas escolhas, tudo é descartável, substituível, instantâneo. Só pensamos em nós mesmos, queremos prazer imediato, não suportamos frustrações, procuramos o controle remoto do amor... e um namoro igual da novela!

O amor é talvez a emoção mais intensa, e gera reações além do nosso domínio. Nada tem muita lógica, ficamos inseguros, temos medo de ficar sozinhos, medo de gostar de alguém, medo de demonstrar, medo do corpo, medo de perder... medo, medo, medo.


Amor Completo

O amor só vira se for em trio (sem piadinhas aqui hein):


  • Amor Próprio

    Antes de tudo temos que amar muito nós mesmos. Temos que nos respeitar, nos valorizar, temos que descobrir e conhecer a nós mesmos. Temos que ter uma vida própria, objetivos próprios, amigos, hobbies. Nossa felicidade é nossa responsabilidade, não podemos delegar isso a mais ninguém.
  • Amor pela Vida

    É um amor pelas coisas, pelas belezas do mundo, por Deus, pelo trabalho, pelos amigos, pela família, pelo simples fato de estar vivo. Sem isso você se sentirá entediado e entediante, sugando outras pessoas para fugir do vazio, e elas se sentirão sufocadas por você.
  • Amor pelo Outro

    Amando a si mesmo e à vida, você será uma pessoa mais independente, mais vibrante, mais atraente, menos possessiva, menos insegura. Estará apto a amar sem tanta cobrança, sem tanto medo, sem tanto ressentimento. Vai curtir as emoções, os momentos, o aprendizado, o amadurecimento... e saberá seguir seu caminho após as inevitáveis separações.

    Quem ama o outro admira, respeita, tem conversas maduras e sinceras, ouve de verdade, compreende, apóia, coloca-se no lugar do outro - uma parceria mesmo.

Uma boa noite a todos os namorados e a todos os solteiros também.. que o amor e o romantismo.. prevaleçam sem necessidade de datas.



Abaixo, ótimos textos/posts sobre Relacionamentos:



As imagens de beijo que mais gosto:


"Le Baiser de l’Hotel de Ville" - Doisneau


"The Kiss" - Gustav Klimt

"Le Baiser" - Brassai

"The Kiss" - Alfred Eisenstaedt

Não sei, vi no Freak Show Business


"Ninguém pode te ensinar o amor. Você tem que achá-lo por si mesmo, com todo o seu ser, elevando sua consciência para níveis mais altos.

E quando o amor vier, não deve ser uma obrigação.


Você faz coisas porque gosta de fazê-las para a pessoa que ama [...] É sua alegria, alegria plena.

O amor faz muitas coisas, é criativo, e compartilha tudo, mas não é uma obrigação [...] o Amor é natural."

(Osho)



Gostou? Compartilhe:
TwitterStumbleupondel.icio.us

10 comentários:

Vanilla disse...

Perfeito seu texto!

Thatiana disse...

Lindo mesmo suas palavras... Esses três ingredientes para o amor completo são essenciais na sopa da vida e devem ser acrescentados exatamente nessa ordem que vc apresentou. É muito bom quando conseguimos nos entender e nos achar... E se sentir completo por si mesmo pra depois emanar amor. Adorei essa reflexão de hoje. :)

"O Amor não deveria ser exigente,
senão, ele perde as asas e não pode voar..." Osho (adoro)

Ps.: On the road é minha leitura atual e a dica eu peguei por aqui :)
bjão

Canteiro Pessoal disse...

Nicholas, a maneira como abordasse sobre 'dia dos namorados', fugiu literalmente aos padrões, pois muito é ofertado versos, e não uma reflexão, esta que não se estende tão somente ao dia, mas a todos. Portanto, que todos os dias sejam dia dos namorados.

Ave rara, muito do que expôs fala ao meu íntimo [metamorfose], partes específicas, e concordo com seu liberar de palavras, que conjugam tão brilhantemente a essência de um relacionamento.

Dias belos pra ti querido.

Obrigada por sua qualidade literária, e escolhas de temas e textos que trazem muita sabedoria e crescimento a todas as áreas.

Abraços.

Priscila Cáliga

Beeta disse...

Não haveria nada melhor que eu pudesse ler hoje... esse testo me ensinou muito... vou levá-lo por toda minha vida, sem exagero... coisas simples obvias e naum percebidas...adorei..
beijos

Lua Nova disse...

Simplesmente perfeito seu texto, uma reflexão imperdível, uma abordagem completa com descrições, alertas, conselhos, carinho, puxões de orelha e beijos. Quer mais?
Muito bom. Parabéns.
Bem, venho sempre aqui apesar de nem sempre deixar comentários. E já te convidei pra tomar um chocolate comigo, mas vc não apareceu. Espero que arranje um tempinho pra ir lá. Ficaria honrada.
Uma semana produtiva e feliz pra vc.
Beijos.

PS: gostaria de reproduzir parte desse post em meu blog, com os devidos créditos. Posso?

Thatiana disse...

Ah, esqueci de dizer, esse texto de Rubem Alves é simplesmente demais! Teve um espaço com ele aqui em Ribeirão na sexta (na feira do livro) e eu perdi.

Nathalíe disse...

Disse tudo! Ótimo texto para o dia dos namorados! Parabéns pelo bom gosto!

Crislaine disse...

Passando para visitar!!! Gostei do teu blog! parabéns
Já estou te seguindo, siga-nos também

Aproveite e nos faça-me uma visitinha, tem muitos artigos novos.

Jesus Nome Incomparável

Abraços

Lana Ludmila disse...

Muito bom texto. VC escreve muito bem! Concordo em genero, numero e grau com tudo! Parabens. Estou te seguindo!

www.surpresanamorados.blogspot.com

Thiago Zucarini disse...

Muito bom, cara! Venho lendo seu blog de uns dias para cá e só venho gostando mais, e esse post reafirmou mais meu gosto por ele.

Adorei o post, não vi nada igual em relação a namoro e confesso que quando caí em algum tipo desses namoros, me ferrei.

Muito obrigado por trazer a consciência desses fatos!

Blog Widget by LinkWithin