22.10.10

A Filosofia é útil aos Administradores?

Este post foi publicado no blog Dr. S/A. É um blog com posts interessantes sobre carreira, administração e empreendedorismo.

Estarei escrevendo outros posts lá, espero que publiquem :)

Conheça
o site:
Dr. S/A
---------------------------------------------------

A Filosofia é útil aos Administradores?

A Escola de Atenas (Scuola di Atenas), Rafael Sanzio
Retrata filósofos gregos e personalidades da época

Mudanças, incertezas, urgência, competição – esta é a realidade no mundo dos negócios. Quando falamos de filosofia empresarial, muitos pensam: "Filosofia? Abstrata, pouco prática. Não há tempo para isso".

Esses administradores não percebem que grande parte da falta de tempo e dos fracassos nas empresas vem da falha em responder questões básicas sobre a organização, como por exemplo: quem somos, onde estamos, o que iremos fazer, como faremos, por quê.

As respostas parecem óbvias, mas em meio a tantas transformações e empresas similares, é crucial que sejam respondidas com consciência e revisadas constantemente. Isto contribui para que o administrador entenda e aproveite as particularidades da empresa e do mercado, e permite decisões mais embasadas que evitam erros e retrabalhos.

Também não podemos esquecer a crescente demanda por inovação e do excesso de informação, que exigem cada vez mais habilidades filosóficas nos administradores: pensamento crítico, capacidade de análise e síntese, interpretação, reflexão, raciocíonio lógico, argumentação, busca pelo conhecimento.

O futurista Kevin Kelly no artigo When Answers Are Cheap disse que em um mundo onde as respostas são abundantes, o valor está em fazer as perguntas certas. Segundo Kelly, o foco das escolas de negócio deveria ser o de ensinar os administradores a questionar. A internet facilitou o acesso às respostas, o diferencial não está mais em achá-las, mas em saber questionar e refletir.

Outro ponto é a forte influência que a filosofia exerce no comportamento de consumidores e colaboradores, que acaba moldando todos os aspectos da nossa cultura: arte, moral, religião, ciência, economia, política.

Mesmo em áreas da Administração - como liderança, relacionamento, crises, ética, criatividade, motivação - os grandes filósofos ofereceram insights valiosos. Citando alguns: Sócrates, Maquiavel, Nietzsche, Sêneca, Epicuro, Montaigne.

Peter Drucker, pai da administração moderna, defende a atitude filosófica nas empresas: "A atividade principal de um administrador é identificar as mudanças que já estão ocorrendo [...] O mais importante é identificar o futuro que já chegou - e desenvolver uma metodologia para analisar sistematicamente as mudanças na sociedade, na demografia, na filosofia, na ciência e tecnologia, como oportunidades de criar o futuro" (The Futurist Magazine, 1998)

Deixar de adotar uma atitude filosófica nas empresas, é ficar à deriva em um mar de opiniões e receitas para problemas que nem sempre são os nossos. As melhores soluções não se obtêm aplicando receitas na "tentativa e erro", mas avaliando as particularidades da organização e da situação, sem perder de vista os objetivos e valores fundamentais.

Aplicar a filosofia na administração tem grande utilidade para obter uma percepção mais clara do mercado e da própria organização, e irá proporcionar mais segurança nas decisões, independência de pensamento, antecipação de tendências e fortalecimento da sua capacidade de inovação.

A Morte de Sócrates, Jacques-Louis David



Gostou? Compartilhe:
TwitterStumbleupondel.icio.us

1 comentários:

Consultora Educacional disse...

Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nosso Curso de Informática Online. Daienne.

Blog Widget by LinkWithin