7.12.10

Nova Yamaha XTZ 250 Ténéré 2011

Bem que o Thiago falou: "Não vai ver essa moto, não vai.. não vai"

Eu fui. Na hora que montei nela, eu sabia que não teria mais volta.


Marketing é uma coisa que sei como funciona, quase não me afeta, não compro nada por impulso... mas com moto é difícil, cheguei a sentar com o vendedor... ainda bem que consegui ser forte e esperar.

Amo minha Lander X, é maravilhosa. Muito econômica, anda bem, não dá problema - uma delícia. Mas gosto de viajar para longe, aí tem que abastecer toda hora e o banco é uma tábua.


A Ténéré XTZ 250 utilliza o mesmo motor e outras peças da Lander. Tem tanque de 16 L(!), faz SP até RJ sem abastecer. O banco é mais macio e o garupa fica um nível acima. É grandona, 2 faróis (um alto e um baixo), freia melhor, tem bolha - parece que fizeram a moto para mim.

A única coisa ruim da Ténéré é que não estou com ela, ainda. Tem fila de espera nas lojas Yamaha, então vou deixar o ano virar. Mas minha viagem de moto para Argentina será em cima de uma Yamaha Ténéré XTZ 250 preta, com certeza.



http://www.youtube.com/watch?v=1FpYmL9Wzt8


http://www.youtube.com/watch?v=o4ooKVcrEMk



Veja mais links:



Gostou? Compartilhe:
TwitterStumbleupondel.icio.us

6 comentários:

Thiago disse...

É! Começou! ROADMAP ! :D

Richardrx disse...

Putz também tenho a Lander X, mas na boa não consigo ver tanta vantagem para trocar na "teresinha" de 250cc e pagar a diferença ($$) que não é pequena considerando suas "melhorias".

Alê do Escrivaninha disse...

Show parabéns, eu não curto moto não, mas meu irmão cara... Inclusive ele mencionou algo sobre essa moto. Parabéns, sucesso e aguardo vocês no Escrivaninha do Alê.
Abraços.

Canteiro Pessoal disse...

Nicholas, cada ser com suas paixões; pelo seu relato dá gosto de estar em uma, nádegas por ficarem no conforto, e coluna sem sofre dores horríveis devido tábua.

Priscila Cáliga

Thiago disse...

Aproveita que o senhor esta de ferias e compra logo :D

Anônimo disse...

Olá!
Tenho uma Lander, este relato seu e pura verdade, chega nos 180 Km rodados, bate o desespero para abastecer. Gostei da Teneré, irei trocar.

Blog Widget by LinkWithin