8.2.11

Filme "Antes de Partir" (The Bucket List)

"Quero te pedir uma coisa:

Encontre a Alegria na sua vida."



Sinopse:

Carter Chambers (Morgan Freeman) e Edward Cole (Jack Nicholson) são pacientes com câncer terminal e dividem o mesmo quarto de hospital.

Carter é um mecânico e devotou toda sua vida à família. Edward é milionário e proprietário do hospital, solitário e temperamental.

As dificuldades do tratamento aproximam os dois e Edward acaba lendo a "Lista da Bota" de Carter com coisas que ele gostaria de ter feito antes de "bater as botas".

Após uma discussão, Edward convence Carter, adiciona mais itens e viajam o mundo realizando seus sonhos antes de partir, aprendendo mais sobre a vida e tornando-se grandes amigos.



É um filme ótimo! Engraçado, comovente, inspirador - com 2 grandes atores! Faz a gente repensar o que é importante na vida realmente e me lembra a seguinte frase e imagem:

"A tragédia da vida não é que ela termina cedo,
mas que esperamos tanto para começá-la"


(W. H. Lewis)

Frank Moody, 101 anos, após salto de paráquedas.


Trailer:


http://www.youtube.com/watch?v=lVWW4luA9AQ


Melhores Trechos


É difícil determinar o que resume a vida de uma pessoa.
Uns dizem que são as amizades que deixou.
Outros dizem que é a fé que teve.
Outros, o quanto amou.
Outros dizem que a vida não tem sentido algum.
[...] seja como for...
Edward Cole viveu mais em seus últimos dias na terra...
do que a maioria em uma vida inteira.
Só sei que ele morreu de olhos fechados...
mas de coração aberto.

Fizeram uma pesquisa certa vez.
Perguntaram a mil pessoas:
Se fosse possível...
você gostaria de saber o dia em que vai morrer?
96% disseram que não.
Eu sempre fiquei com os outros 4%.
Achava que seria bom, saber quanto tempo de vida nos resta.
Só que não é.


Bem, meu professor de filosofia do primeiro ano
passou um exercício de pensamento prospectivo.
que ele chamou de "Lista da Bota".
Tínhamos que relacionar tudo que queríamos fazer na vida antes de...
- Bater as botas.
Eu escrevi coisas como:
"Ganhar um milhão de dólares"...
"ser o primeiro presidente negro".
Sabe como é, coisa de jovem.
Eu ia refazer a lista, mas aí...
[...]
Bem, não importa mais agora.
- Eu diria exatamente o contrário. Pronto. Agora, sim.
O que está fazendo?
- Adicionei uns itens, só isso.
[...]
Não prefere morrer lutando?
Aproveitando a vida?
Divertindo-se um pouco?
Agora, melhorou.



- "Beijar a garota mais linda do mundo"?
Como pretende fazer isso?
- Beijando muito.
- "Fazer uma tatuagem."
São esses os seus maiores desejos?
Edward, você é superficial demais.
- É fácil ser profundo quando
a gente é jovem.

- Temos alguns meses, certo?
- Um ano, talvez.
- Não disse que 45 anos passaram rápido?
Podemos aproveitar. Temos que aproveitar.
- Não, não dá.
- Não pense em dinheiro.
O que não me falta é dinheiro.
[...]
Você é quem reclama de que nunca
teve chance. Aí está sua chance.
- Minha chance de quê?
Bancar o idiota?
- Nunca é tarde. O que nos resta fazer agora?
Eu não vou voltar ao trabalho
para ficar ouvindo gente...
falar de movimentação financeira
e dívida subordinada...
e fingir que isso interessa a
um moribundo.
Você não vai querer ir para casa
para esperar a morte chegar...
com uma monte de pessoas à sua volta
vendo você morrer...
enquanto você tenta consolá-las.
É isso que você quer,
morrer sufocado de pena e sofrimento?
Pois eu não. [...]
Temos duas opçôes:
Podemos ficar aqui...
esperando um milagre em alguma
experiência científica fajuta...
ou podemos ir à luta.



Responda à 2 perguntas:
"Eu encontrei alegria em minha vida?"
"Minha vida trouxe alegria a outras pessoas?"


Três coisas para se lembrar
quando envelhecer.
Nunca dispense um banheiro...
nunca desperdice uma ereção e
nunca confie em um pum.


Virgínia disse que eu era um estranho e voltei um marido. Devo isso a você.
Não há como retribuir tudo que fez por mim.
Portanto, em vez disso, vou pedir que faça mais uma coisa.
Encontre alegria na sua vida.
[...] encontre alegria em sua vida, Edward.

Eu e Carter viajamos juntos pelo mundo.
O que é incrível...
se pensarmos que,
até três meses atrás...
sequer nos conhecíamos.
Espero...
que não pareça egoísmo meu...
mas os últimos meses da vida dele...
foram os melhores meses da minha.
Ele salvou minha vida.
E ele descobriu como
fazer isso antes de mim.
Estou orgulhoso de que esse homem...
tenha achado que a minha amizade
valeu a pena.
No fim...
acho que posso dizer que trouxemos
alegria à vida um do outro.


"Encontre a Alegria"




Gostou? Compartilhe:
TwitterStumbleupondel.icio.us

6 comentários:

Canteiro Pessoal disse...

Nicholas, que excelente diga. Assisti um ontem - A Origem, particularmente amei, fez-me lembrar de Freud - o funcionamento do psiquismo humano.

Abraços

Priscila Cáliga

Arian disse...

Mais uma ótima dica de filme.

Fico feliz de observar que seu gosto cinematográfico continua impecável.

Júh Costa disse...

Ótimo filme! Emocionante demais!!Reomendo!

Nathalíe disse...

Quero assistir! bjs

maris disse...

É um filme extraordinário!

Anônimo disse...

o filme é ótimo! alem de abordar a relação de q nau se deve ter preconceito por uma pessoa ser negra ou ser pobre ainda indica como as pessoas podem se relacionar com outras pessoas.
alem disso o filme pode ser assitido por pessoas de todas as odades e classe social basta querer, poque o filme é ótimo!

Blog Widget by LinkWithin