17.7.14

Documentário Genial "O Abraço Corporativo": escancara o bullshit dos gurus de ADM e da grande mídia

Documentário GENIAL! =)


O jornalista e diretor Ricardo Kauffmann transformou um ator em um consultor de RH... com o nome falso Ary Itnem Whitaker (Ary Itnem ao contrário = MENTIyRA rs), com uma teoria furada do "Abraço Corporativo" para curar a falta de engajamento e desamparo no trabalho.

Enviaram press-releases para alguns jornalistas, com estudos e informações fajutas, e pistas soltas mesmo, querendo ver se alguém iria verificar as fontes.

No fim a coisa tomou uma proporção enorme, o ator foi chamado para dar palestras e entrevistas em veículos de grande visibilidade... como no Mundo Corporativo com o Heródoto Barbeiro da CBN e também em revistas, jornais, canais de rádio e de TV, enrolando todo mundo com essa bobeira de "Corporate Hug".

Trailer - Documentário "O Abraço Corporativo" (The Corporate Hug)


Montaram um site para tal CBAC - Confraria Britânica do Abraço Corporativo (www.corporatehug.com) -, que nunca existiu, e da qual o ator-impostor era o representante oficial na América Latina.

Fizeram um vídeo na avenida Paulista que viralizou, o cara de terno distribuindo abraços e divulgando o site, que teve centenas de milhares de visitas.

Após revelarem que tudo era mentira, entrevistaram o Heródoto, o Juca Kifuri e alguns pesquisadores de comunicação no Brasil, para darem um parecer sobre essa situação absurda, de nenhum dos jornalistas ou editores terem verificado nada antes de publicarem.


Achei o documentário genial... uma ousadia e competência fantástica da equipe, de escancarar aquilo que no fundo a gente até já sabe... que estamos imersos em um mar de palhaçada, tanto quanto ao conteúdo dos veículos de massa quanto desses gurus corporativos, confiabilidade zero. Histórias montadas e construídas para atingir determinados fins comerciais, e ponto final. E tem também o "mérito" de promover um leigo a super especialista na grande mídia rs


Me lembrou uma coisa que li em um blog, um post falando sobre essas ondas de receitas mágicas corporativas.... era algo assim "Primeiro pegam o que já existe e complicam tudo, mudam nomes, siglas, escrevem livros, montam cursos, certificações... daí simplificam tudo, escrevem livros, montam cursos.... e enquanto isso alguns bolsos se enchem, outros se esvaziam"...
e é pura verdade isso.

Tem gente demais sem preparo e boa de papo, vendendo com convicção uma solução mágica qualquer... e ganhando uma nota, dando certo ou errado. As pessoas querem atalhos, não querem ver o óbvio: que "cada caso é um caso", que "o mundo é complexo", que "as causas podem ser várias", que "vamos ter que analisar, estudar",  que "não adianta atacar os sintomas sem atacar as causas", etc etc

Querem remédio imediato antes do diagnóstico, e fim de tratamento! aí toma AAS achando que é gripe, tá com dengue... lascou né! rs :-P

é ruim para o cliente... e ruim para os profissionais que se preparam de verdade,  que investem não só na "forma" mas também no conteúdo, que levam a sério os impactos do seu trabalho nas vidas das pessoas ... enfim.

Essa "projeção e gestão de aparências" é uma prática tão difundida e naturalizada dentro do marketing que muitos vêem como sendo "as regras do jogo". Discordo totalmente, e por conta disso até criei um vídeo com as vantagens de seguir uma visão diferente.

O documentário também destaca que nem sempre a culpa é do jornalista... há uma ansiedade nas pessoas por mega novidades, um espaço vazio de informação para preencher todos os dias, uma hiper competição no setor, não há uma comissão de ética efetiva, os prazos nanométricos e pressões astronômicas, permeado de conflitos de interesses... e deu no que deu.

Uma das falas do documentário que marcou foi algo assim.... que com um trabalho básico de marketing/RP você transforma "idiotas em heróis e heróis em idiotas". Pelo menos um ator, leigo, em consultor de RH gabaritado... consegue né.


Veja abaixo o filme completo:

O Ricardo Kauffmann fez a super boa ação de disponibilizar o documentário completo na Internet de graça, recomendação máxima para assistir e compartilhar!




Gostou? Compartilhe:
TwitterStumbleupondel.icio.us

0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin